Portal   saude   musica   fotos   mulher   forum   turismo   videos   auto   imóveis   leilões   classificados  
Rádio Calema   
Instale o Flash Player para ouvir a Rádio Calema.
Músico Phather Mak afirma que música angolana regista evolução na qualidade rítmica

Músico Phather Mak afirma que música angolana regista evolução na qualidade rítmica

O músico angolano Phather Mak reconheceu hoje, em Luanda, que a música angolana evoluiu em termos rítmico, na riqueza das letras e das mensagens, tendo em conta o empenho e dedicação dos artistas em fazer cada vez melhor em prol da cultura nacional. Em declarações à Angop, convidado para falar da música angolana, o músico realçou que esta evolução está a ser acompanhada com uma aposta dos músicos em manter e divulgar cada vez mais os ritmos angolanos, preservando o tradicional. "Sem descurar os outros ritmos, estamos a procurar não deixar morrer a música da casa.

Há uma grande evolução e hoje já se escuta 80 ou 90 porcento de música angolana, tanto nas estações radiofónicas, como na televisão. Já se vai a uma festa e encontramos os DJ a tocarem bastante música angolana, facto que nos deixa satisfeito", disse. Segundo o artista, quem ouve a música angolana chega a rápida conclusão que há trabalho de base feito por parte dos artistas. "O mercado está em franca concorrência, porque há qualidade e porque os cantores estão empenhados em mostrarem um trabalho mais sério, tendo em conta as exigências dos consumidores", assegurou.

Os artistas angolanos, segundo Phather Mac, têm tido o cuidado na preparação dos seus discos como forma de evitar que os mesmos não sejam consumidos. "Hoje, os artistas têm todo o cuidado na produção dos seus discos, porque se não tiver qualidade ninguém compra ou ninguém ouve as tuas músicas. Somos obrigados a caprichar cada vez mais, porque a concorrência é grande", disse. Sobre o trabalho da nova geração, reconheceu que têm dado um contributo assinalável na divulgação e preservação da cultura nacional, produzindo obras dignas de realce e de reconhecimento público. "Hoje, há um trabalho qualitativo, cujos temas têm mensagens construtivas que dignificam o país e dão garantias de que temos um futuro no mercado", frisou

Fazer um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated.
Basic HTML code is allowed.

Novos Lançamentos

  • 1
  • 2
  • 3
Prev Next
Grupo Gingas de volta domingo ao mercado fonográfico com uma colectânea

Grupo Gingas de vol…

A colectânea discográfica Gingas 30 anos marc...

RICARDO LEMVO - UMA VOZ DE APURADO SENTIDO ESTÉTICO

RICARDO LEMVO - UMA…

Se olharmos para o seu background artístico t...

Nelo Carvalho “Encontros”

Nelo Carvalho “Enco…

“Encontros” – Manuel Pires Pinto de Carvalho ...

Filipe Mukenga explora novas tendências no CD “O Meu Lado Gumbe”

Filipe Mukenga expl…

“O Meu Lado Gumbe” é o título do novo disco ...

JORGEMONT é o Artista Surpresa que Trazemos à Ribalta

JORGEMONT é o Artis…

Jorgemont é o artista surpresa que trazemos ...

Yola Semedo lança CD e DVD em Novembro

Yola Semedo lança C…

A cantora angolana Yola Semedo disse à impren...

O cantor Paulo Flores revelou o lançamento do seu 12º disco, para finais de Dezembro deste ano.

O cantor Paulo Flor…

O cantor Paulo Flores revelou hoje, no Lubang...

SANTOCAS Conta a sua vida e história em CD

SANTOCAS Conta a su…

Dentro de poucas semanas teremos “depois de 3...

BONGA ÁLBUM HORA KOTA BREVEMENTE NO MERCADO

BONGA ÁLBUM HORA KO…

O artista Barceló de Carvalho, BONGA, tem nov...

Artista em Destaque

Universidade Independente de Angola